Reacções de hipersensibilidade imediata      angioedema 3

  •  Reacções alérgicas graves devido à penicilina ou outro antibiótico.
  •  Soro antitetânico
  •  Qualquer soro preparado com soro de cavalo
  • Vários injectáveis
  • hiper alergias alimentares

Choque alérgico

Fármaco epinefrina (Adrenalina)

Peso                                     dose

30kg                                     0.3ml   

20kg                                     0.2ml

10 kg                                     0.1ml

Crise forte de asma:

adrenalina (epinefrina) ampolas de 1mg/ml doses pediátricas. Antes de dar a injecção anote as pulsações por minuto

OBS: se necessário pode repetir a injecção 30 minutos depois e mais uma terceira dose 30 minutos (não pode exceder a terceira dose) e se pulso aumentar mais trinta pulsações/m  não dê a segunda dose.

Corticoesteroides (para prevenir Choque)

Hidrocortisona

Aplicar15m antes de injectar um preparado de soro de cavalo ou antibiótico

Dose pediátrica 200mg i.m.

Adulto 500 mg i.m

Associar um antihistaminico

Hidrocortisona no Choque anafílático

criança maior de 6 anos 500 mg

Criança de 1-6 anos 200 mg

Com menos de 1 ano 100 mg Associar adrenalina

Adulto 1.000 mg

Dexametasona para prevenção de choque alérgico com preparados de soro de cavalo ou antibiótico

Para adulto e criança uma ampola de 2mg i.m. + hidrocortisona + antihistaminico (fenergan)

Para choque a anafílático

Unidose para adulto ou criança com mais de 6 anos10mg1-6 anos 4mg

Menos de 1 ano 2 mg + hidrocortisona + adrenalina

Os corticoesteroides só devem ser usados em caso de extrema urgência, para combater ou prevenir reacções alérgicas imediatas ou tardias de soros ou antibióticos, que possam conduzir o doente a um choque anafílático.

Choque anafílático

Sintomas

  • 30 m depois da injecção, ou por um período mais tardio podem-se observar os seguintes sintomas:
  • Pele acinzentada ou pálida, húmida e fria
  • Suor frio
  • Pulso rápido e fraco
  • Batimentos do coração rápidos
  • Dificuldade em respirar
  • Lábios encortiçados
  • Perda de consciência
  • Problemas visuais
  • Vómito e tonturas
  • Dor intensa nas costas
  • Dificuldade em urinar
  • Pressão arterial muito baixa
  • Alerta: a automedicação com fármacos injectáveis é altamente perigosa.

<