O Açafrão da Índia
A curcumina é uma planta medicinal que tem uma longa raiz cor de laranja que é transformada em pó e usada como especiaria em vários países, especialmente na Índia. Esta planta também pode ser conhecida como açafrão-da-índia, açafrão-da-terra ou tumérico.
Além de ser usada muito frequentemente na culinária, a cúrcuma também pode ser usada como remédio natural para melhorar problemas gastrointestinais, febre, tratar resfriados e, até, reduzir o colesterol alto.
Definição
A cúrcuma é uma planta com folhas longas e brilhantes com cerca de 60 cm com compridas raízes de coloração laranja. O seu nome científico é Cúrcuma longa e pode ser comprada em lojas de produtos naturais, farmácias e até em alguns supermercados.
O Açafrão da Índia tem como principal ingrediente ativo a curcumina, que ajuda a prevenir infeções, inflamações e cancro. A curcumina infiltra-se nas membranas das células individuais, reforçando-as perante ataques e ajudando a regular o metabolismo dentro da célula.
O Açafrão da Índia tem como principal ingrediente ativo a curcumina, que ajuda a prevenir infeções, inflamações e cancro. A curcumina infiltra-se nas membranas das células individuais, reforçando-as perante ataques e ajudando a regular o metabolismo dentro da célula.
Foram ainda efetuadas outras pesquisas que associaram o Açafrão da Índia a benefícios no sistema cardiovascular, combate ao desenvolvimento de Alzheimer, sistema nervoso central e ainda a nível do reforço da imunidade. A nível oncológico são conhecidas as suas propriedades , estimulantes da apoptose ( morte celular programada).
Os cientistas evidenciaram que o Açafrão da Índia remove o beta-amiloide, a proteína responsável pelas placas que provocam alguns problemas cognitivos na doença de Alzheimer, sendo que também penetra as células cerebrais, fomentando um melhor funcionamento das mesmas.
Sobre a curcumina já foram escritos numerosos artigos de investigação e publicados em revistas cientificas.

O que é chufa ou tigernuts
A chufa, também conhecida como tigernuts, é um tubérculo com alto teor de fibras, proteínas e açúcares naturais, por isso recebeu o status de superalimento. É uma planta tradicionalmente cultivada na Espanha, mas há relatos de seu cultivo em antigas civilizações egípcias, que utilizavam esse alimento por suas ricas propriedades nutricionais.