Doenças Sexualmente transmissíveis- 2 (texto)

Dezembro 10, 2014

Doenças Sexualmente transmissíveis parte 2

 Herpes genital

O herpes genital é uma infecção muito contagiosa e dolorosa da pele e provocada por um vírus. (herpes simplex II). É incurável, mas os sintomas podem ser atenuados com  o Acyclovir que reduz a frequência de crises em 90%.

Há testes de laboratório para diagnosticar a doença.

 Sintomas

  • Ardor intenso nos órgãos genitais.
  • Febre e fraqueza (doente debilitado).

3- Vesículas com aparência de gotas de água nos órgãos genitais, ânus, nádegas ou coxas.

  • As vesículas quando rebentam formam feridas e as feridas quando secam formam crostas. Este processo pode levar mais de três semanas, com febre, dores, calafrios e gânglios linfáticos inchados na virilha.
  • Dificuldade em urinar na mulher.
  • O vírus permanece no organismo e, quando todos os sinais desaparecem, todos os sintomas podem reaparecer a qualquer momento.

7- Quando tiver feridas, não tenha relações sexuais, mesmo usando o preservativo.

8- Lavar sempre as mãos e nunca tocar nas feridas, pois pode passar a infecção para os olhos. Lave as feridas com água e sabão e cubra-as com uma gaze.

9- Na gravidez, o herpes genital é muito grave, porque durante o parto o bebé pode contrair uma forma de herpes, o que é mortal.

O que pode fazer Recorra a exames médicos para fazer uma colpocitologia (Papanicolau), pois pensa-se poder haver uma forte relação entre o herpes genital e o cancro cervical. Aplique pensos de óleo de ricino no abdómen para fortalecer o sistema imunitário. O Acyclovir, tomado durante 5 dias, pode reduzir a frequência das crises. Importante: não dissemine a doença. Informe sempre o seu parceiro de que é portador ou portadora de herpes.

Cancro mole (Cancroide)

Sintomas

* Feridas moles e dolorosas que podem aparecer nos órgãos genitais e no ânus.

* Os gânglios linfáticos podem aumentar de volume na região das virilhas.

 Tratamento

Ceftriaxona numa dose única. Bactrim (Trimetroprime-sulfametoxazol) comprimidos de 400 mg +80 2 comprimidos de 12 em 12 horas, ou eritromicina 500mg de 6 em 6 horas durante 7 dias. A eritromicina deve ser tomada com um alimento para não prejudicar o estômago.

Linfogranuloma venéreo (bubão climático)

Doença venérea que ataca os nódulos linfáticos da virilha e é transmitida pela clamydia tracomatis, após contacto sexual e depois de uma incubação de 3 a 21 dias.

Sintomas:

* Aparece uma pequena lesão primária, sob a forma de pápula, que se torna vesicular e que, por fim, ulcera superficialmente.

* No homem, situa-se na glande ou na uretra, provocando uretrite e, na mulher, em geral na parede da vagina ou do colo do útero.

* A bactéria dissemina- se a partir da lesão primária que afecta os gânglios linfáticos das virilhas, com reacção inflamatória, incham, ficam escuros e rebentam, deixando sair pus. (Pode-se repetir o mesmo processo várias vezes)

* Podem aparecer no ânus feridas que purgam.

 EXAMES DE LABORATÓRIO

* Biopsia do gânglio linfático

* Exame bacteriológico

Tratamento: tomar 500 mg de tetraciclina de 6 em 6 horas durante 20 a 30 dias. (Doxicilina, 3 semanas)

Sífilis

A sífilis é provocada por um microorganismo (Treponema pallidum). É muito contagiosa, é transmitida através do contacto sexual. Pode trazer graves consequências para o organismo, e tem um período de incubação de 4 a 6 semanas antes do aparecimento da úlcera inicial da sífilis primária.

SINTOMAS

* Aparece uma pequena ferida, úlcera ou cancro. (cavalo, na linguagem popular).

* A úlcera pode ter o aspecto de uma espinha, bolha ou ferida aberta. * A úlcera aparece geralmente nos órgãos genitais e, menos frequentemente, na boca, lábios e ânus. (sífilis primária)

* A ferida não dói e, se está no interior da vagina, a doente não sabe que ela existe, tornando-se potencialmente perigosa para transmitir a infecção.

* A ferida desaparece sem tratamento no espaço de dois dias, mas o micróbio dissemina-se por todo o organismo.

* 6 a 12 semanas (período secundário) ou alguns meses depois de contraída a doença, pode aparecer dor na garganta, febre baixa, (febrículas) feridas na boca e queda do cabelo.

* Podem aparecer alguns dias ou meses depois dos primeiros sintomas, uma erupção ou pequenos caroços avermelhados pelo corpo, (costas, palma da mão ou planta do pé)

* No período terciário., os Treponemas localizam-se em vários órgãos, produzindo lesões inflamatórias no sistema nervoso, e cardiovascular e os granulomas crónicos (gomas) da pele ossos e vísceras.

Tratamento

Aplicar uma injecção de penicilina benzatina de 2.400.000 U. I. Numa dose única. Para doentes alérgicos ou resistentes, podem tomar tetraciclina ou eritromicina 500 mg 4 vezes por dia durante 15 dias.

Importante: os doentes que suspeitem ter contraído a sífilis, devem submeter-se a exames médicos e laboratoriais como:

(VDRL, TPI Treponema Immobilisation, FTA florescent Treponemal Antibody test). A infecção no período terciário pode atacar o coração e mesmo outros órgãos e levar à paralisia e este processo pode demorar 5 a 15 anos.

HPV OU PAPILOMA VÍRUS

Muito frequente são os condilomas ou crista-de-galo, que podem causar um tumor no colo do útero. Os vírus do papiloma humano HPV são formados por numerosas cepas  ou tipos, dos quais se destacam os de alto risco como: os do tipos 16, 18, 31 e 45, que se associam  ao cancro cervical, anal, vulvar, vaginal e do pénis.

Tratamento

Podofilotoxina a 10% interferom alfa x 3-4 semanas 5-Fluorouracilo tópico

Correr riscos  de contágio é um comportamento destrutivo próprio de adolescentes frágeis e inseguros. Os pais e educadores devem estar atentos e procurar ajuda médica de especialistas.

Para parasitas

  1.  S. scabie
  2. lindano a 1% x 3 semanas Bencilbenzoato a 25%
  3. P. pubis
  4. Lindano a 1% Malatiom a 05%

Como pode evitar doenças sexualmente transmissíveis

* Nunca procurar um parceiro fora do matrimónio.

* O uso do preservativo não é totalmente seguro, embora seja aconselhável.

* Se contraiu uma doença venérea, trate-se imediatamente e não tenha relações sexuais 3 a 5 dias depois de ter terminado o tratamento. Pense nisto

* Disseminar, em consciência, uma doença venérea é um crime perante Deus e a sociedade.

Nota: Este artigo serve apenas  para informação a técnicos  de saúde, as terapêuticas e diagnóstico são da competência médica especializada.

 

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Projecto Omega © 2016