Farinha de ESPElTA

Outubro 11, 2017

O cereal Espelta

 

A sua   origem é o Irão, e é conhecida há 7000 anos , a sua cultura estendeu-se para leste no antigo Egito e mesmo na China, aonde também foi usada para além de alimento na preparação de bebidas alcoólicas como a cerveja.

Pouco a pouco, através dos Balcãs e chegou a Europa.

Na Idade Média, constituía o cereal com o qual se confecionava o pão para as classes mais altas , deixando o pão de centeio para as pessoas mais pobres.

É no século 19, as classes nobres protegiam o grão , mas essa classe começou gradualmente a baixar o seu consumo, sendo relegado as classes tradicionais em centros rurais.

 

Cultiva-se na Áustria, Suíça, Alemanha, suporta o frio e a falta de água, adaptando-se a climas adversos e terrenos não favoráveis a outros cereais, além de ter uma alta resistência a pragas evita o uso de pesticidas pelo que foi constituída como uma variedade de trigo ideal para a agricultura biológica .

 

Benefícios nutricionais

espelta é um cereal altamente enérgico, usado na alimentação de animais e humanos, tem menos calorias do que a farinha de trigo clássica, destacando-se por possuir proteínas de alto valor biológico como o aminoácido lisina, que se encontra em valores baixos em outros cereais, sendo também uma boa fonte de minerais e vitaminas do grupo B.

Sua farinha tem um sabor ligeiramente doce, sendo mais solúvel na água, mais fácil de digerir do que a farinha de trigo e muito mais pobre em glúten que outros pães de trigo é contudo um cereal que os celíacos não devem consumir.

Hoje imensas pessoas deixam de consumir alimentos com trigo, este cereal pode ser alternativa, é melhor e causa menos problemas de saúde , escolhendo opções mais saudáveis, com melhor nível nutricional, você gozara de melhor saúde.

 

Formas de usar a espelta

Normalmente no comercio, encontramos na forma de farinha, que oferece uma grande variedade de confecionar diversos pratos saborosos, sendo a espelta integral a mais nutritiva .

Pode -se usar em qualquer receita de farinha de trigo, toda a espelta é próxima da cor e da textura do trigo mole inteiro e é usada nas receitas de pastelaria e padaria com pequenas modificações nas quantidades.

 

Com farinha de espelta você pode preparar macarrão fresco ,bem como, biscoitos e outros produtos assados no forno . A consistência das massas, deve estar de acordo com a receita e dependendo das características da espelta que usamos adiciona-se mais ou menos líquido até alcançar a consistência desejada.

O glúten da farinha de espelta é mais frágil que o da farinha de trigo, portanto, é muito mais suave.

nota: botânica  Planta da família das gramíneas (Triticum speltaque é uma espécie de trigo de grão avermelhado. = TRIGO-VERMELHO

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Projecto Omega © 2016