Noticias sobre o cancro        imgresuniversity.logo.small.horizontal.white

de Johns Hopkins (CENTRO DE PESQUISAS DA UNIVERSIDADE)

NOTíCIAS

1. Todas as pessoas têm células cancerígenas no corpo. Estas células não aparecem nos testes padrões, só quando se multiplicam em alguns biliões. Quando os médicos dizem aos pacientes com cancro que não há mais células cancerosas no seu corpo após o tratamento, isto significa apenas que os testes são incapazes de detectar as células cancerosas, porque elas não atingiram o tamanho detectável.

2. Células cancerosas podem ocorrer de 6 a mais de 10 vezes na vida de uma pessoa.

3. Quando o sistema imunológico é vigoroso, as células cancerosas serão destruídas e impedidas de se multiplicar e formar tumores.

4. Quando uma pessoa tem cancro, indica que ela tem múltiplas deficiências nutricionais. Isto pode ser devido a factores genéticos, ambientais, alimentares e de estilo de vida.

5. Para superar as múltiplas deficiências nutricionais é necessária mudar a dieta e incluir suplementos para fortalecerem o sistema imunológico.

6. A quimioterapia impede o rápido crescimento de células cancerígenas mas também destrói rapidamente as células saudáveis da medula óssea, do trato gastrointestinal etc, e pode causar danos a órgãos como o fígado, rins, coração, pulmões etc

7. A radiação ao destruir as células cancerígenas também queima, deixa cicatrizes e danifica as células saudáveis, tecidos e órgãos.

8. O tratamento inicial com quimioterapia e radiação reduz o tamanho do tumor, no entanto o uso prolongado da quimioterapia e da radiação não resulta na destruição total do tumor.

9. Quando o corpo tem uma carga muito grande de toxinas da quimioterapia e da radiação o sistema imunológico está comprometido ou destruído, o paciente pode sucumbir a vários tipos de infecções e complicações.

10. A quimioterapia e a radiação podem causar células cancerosas e mutação se estas se tornarem resistentes e difíceis de destruir. A cirurgia também pode provocar a produção de células cancerosas e espalhá-las para outras zonas do corpo.

11. Uma forma eficaz de combater o cancro é “matar à fome” as células cancerosas não as alimentando com os nutrientes que necessitam para se multiplicarem.

As células cancerígenas alimentam-se de: 

a. Açúcar, é um alimentador de cancro, ao eliminar o açúcar é cortada uma importante fonte de alimentação para as células cancerosas. Nota: Os substitutos do açúcar como os adoçantes são prejudiciais,  o melhor substituto é o natural como o mel ou o melaço, mas apenas em quantidades pequenas. O sal de mesa tem uma substância química para torná-lo branco, a melhor alternativa é o sal marinho.

b. O leite faz com que o corpo produza muco, especialmente no trato gastro-intestinal. O cancro  alimenta-se de muco. Eliminando o leite e substituindo-o por leite de soja natural, sem açucar, as células cancerosas vão “morrer à fome”.

c. As células cancerosas prosperam num ambiente ácido. Uma dieta à base de carne é ácida, é preferível comer peixe em vez de carne de vaca ou de porco. Carne bovina também contém antibióticos para gado, hormonas para aceleraram o crescimento e parasitas que são prejudiciais, especialmente para pessoas com cancro.

d. Uma dieta com 80% de vegetais frescos e sumos, grãos integrais, sementes, nozes e frutas ajudam o corpo a alcançar um ambiente alcalino. Cerca de 20% podem ser de alimentos cozidos inclusive feijões. Os sumos de vegetais frescos proporcionam enzimas vivas que são facilmente absorvidas, nutrem e aumentam o crescimento das células saudáveis.

Para obter enzimas vivas e formar células saudáveis, beba sumos de vegetal frescos (a maioria dos legumes, inclusive rebentos de feijão) e comer alguns vegetais crus 2 ou 3 vezes por dia. As enzimas são destruídas a partir de temperaturas de 40 graus.

e. Evite café, chá e chocolate, contêm muita cafeína. O chá verde é uma alternativa melhor e tem propriedades de combate ao cancro. Água: é melhor beber água purificada ou filtrada para evitar as toxinas conhecidas e metais pesados que se podem encontrar na água da torneira. A água destilada é ácida, evite-a.

f. A proteína da carne é difícil de digerir e requer muitas enzimas digestivas. A carne não digerida permanece nos intestinos acabando por apodrecer e conduzir a um aumento das toxinas.

13. As paredes das células cancerígenas têm uma cobertura de proteína dura, privá-las, ou ingerir menos carne, liberta mais enzimas para atacar as paredes de proteína das células cancerígenas e permite que as células protectoras do corpo destruam as cancerosas.

14. Alguns suplementos constroem o sistema imunológico (IP6, Flor-ssence, Essiac, anti-oxidantes, vitaminas, minerais, EFAs etc) para permitir que as próprias células protectoras do corpo destruam as células cancerosas. Outros suplementos, como vitamina E, são conhecidos por causar apoptose, ou morte celular programada, método normal do corpo de se livrar das células danificadas, indesejáveis ou desnecessárias.

15. O cancro é uma doença da mente, do corpo e do espírito. Um espírito pró-activo e positivo ajudará o paciente a tornar-se num sobrevivente.Raiva, ressentimento e amargura põem o corpo em stress e num ambiente ácido. Aprenda a ter um espírito clemente e amoroso. Aprenda a relaxar e aproveitar a vida.

16. As células cancerígenas não podem prosperar num ambiente oxigenado, exercícios diários e respiração profunda ajudam a obter mais oxigénio até o nível celular, a terapia de oxigénio é outra maneira usada para destruir as células cancerosas.

NOTA: VEJA O LIVRO REGIME ALIMENTAR QUE TEM SIDO O POLO DINAMIZADOR DO ESTILO DE VIDA ADVENTISTA.

Espécies de Cancros

  • Carcinomas

São cancros que surgem em células epiteliais. Estas células constituem a

unidade funcional em diferentes órgãos como: as glândulas secretoras, a

superfície externa do corpo, o revestimento das superfícies internas do

corpo e dos tubos e das passagens para o exterior.

  •  Adenocarcinoma

São carcinomas de tecidos glandulares.

  • Sarcomas

São cancros de tecidos de mesênquimas que inclui :

  1. osteosarcomas (osso)
  2. e angiosarcomas (vasos ) .
  3. Tumores malignos do Sistema reticuloendotelial
  4. Incluem leucemia (proliferação anormal dos glóbulos brancos)
  5.    linfosarcomas (cancro do tecido linfático )

OBS: Mesênquimas

Tecido conjuntivo do embrião, a partir do qual se formam os vasos sanguíneos e linfáticos, os músculos, as cartilagens e o esqueleto.

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Projecto Omega © 2018