Uretrites

 

SINTOMAS

  • Sindrome caracterizado pela a manifestação de um exudado uretral mucopurulento, disúria (dificuldade ou dor a urinar) prurido ou comichão no meato urinário .
  • A maioria está associada a transmissão sexual mas podem haver outras causas

Clasificação

Geralmente se classificam em gonocócicas e não gonocócicas embora possam aparecer depois de uma uretrite gonocócica bem tratada (uretrite posgonocócica)

  • Os agentes podem ser:  N. Gonorreia, Clamidia trachomatis, Candida albicans, Trichomonas vaginalis, Micoplasma homines, Ureaplasma urealyticum.

Diagnóstico

  • Exame da secreção uretral directo com coloração de gram
  • Culturas

Para N. Gonorreia, Clamidias Uroplasmas e vírus da herpes .

  • Serologia para herpes e T. Palidum

SUGESTÃO DE TRATAMENTO

Cefotriaxona (monodose) +doxiciclina ou eritromicina x dez dias com tratamento da parceira sexual

Monuril – Indicações

– Cistites bacterianas agudas, episódios agudos de cistites bacterianas recidivantes, síndrome uretrovesical bacteriana aguda, uretrite bacteriana inespecífica.
– Bacteriúria assintomática significativa (gravidez).
– Infecções urinárias pós-operatórias.
– Profilaxia das infecções do trato urinário nas intervenções cirúrgicas e nas investigações instrumentais

Referências entre ouras Guia Merk

Notas

Micoplasmas são microrganismos procariotas sem parede celular que habitualmente colonizam a mucosa respiratória e urogenital.

Patogênicas para o homem são:

  • Mycoplasma pneumoniae, que causa infecções respiratórias
  • genitalium M. hominis e Ureaplasma urealyticum, produzem infeções urinárias e infecções genitais.
  • O diagnóstico destas infecções é baseada principalmente na serologia, uma vez que a cultura destas espécies são difíceis .
  • Tetraciclinas e fluoroquinolonas têm excelente actividade contra estes microorganismos.

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Projecto Omega © 2016